Conclusão da nova Norma ISO 45001

Por: RH

22/05/2018

Há certa expectativa de que o nome e o reconhecimento ISO dêem mais credibilidade ao padrão e impulsionarão a adesão mais ampla da ISO 45001.
Na bibliografia pesquisada, percebeu-se a intenção de demonstrar a facilidade de integração com as demais Normas ISO, destacando-se inclusive a estrutura e a forma de implantação, que também pode ser simultânea.
Concordo com as palavras de David Smith, Presidente do Comitê Organizador da ISO 45001, quando diz que as empresas precisam garantir o gerenciamento de todos os seus riscos para sobreviver e prosperar, inclusive os de SST. Seguindo seu raciocínio, transformar uma Norma de Segurança num Padrão Internacional, é uma estratégia inteligente, pois se trata de inseri-lo no Plano de Negócios de qualquer tipo de empresa.
O Sistema de Gerenciamento de SST é um aspecto chave, que cada empresa tem de gerenciar de forma proativa. Além do impacto devastador sobre as pessoas, a má gestão de SST pode ter muitos efeitos negativos sobre as organizações, como a perda de funcionários-chave, interrupção de negócios, reivindicações, alta sinistralidade, ação reguladora, danos à reputação – e ultimamente temos muitos casos reais para citar aqui no Brasil - , perda de investidores e, em última análise, a perda de negócios.
Entendo que a ISO 45001 é um novo padrão de sistemas de gerenciamento e que passará a ser parte da norma de negócios. Assim, independentemente de as empresas optarem por adotá-lo ou não, é importante que se mantenham atualizadas sobre os desenvolvimentos, pois num futuro próximo, poderá ser exigido por seus clientes.
Acredito que naturalmente, como em qualquer mudança, haverá resistência em implantação para aquelas empresas que não utilizam nenhum tipo de gestão e haverá resistência em adaptar o sistema já implantado de OHSAS 18001 para a nova Norma, sem contar as muitas reclamações sobre investimento, entretanto, como já estudado, esta é uma questão cultural, um estigma que deve ser quebrado, pois também acredito que os resultados, num futuro de médio a longo prazo, serão muito bons.
Os benefícios que a Norma traz se bem trabalhada, serão compartilhados por todos: trabalhadores, liderança, empresariado, consumidores e comunidade – que a produção de bens e serviços BBB (bons, bonitos e baratos) em ambientes mais seguros e saudáveis.
Pensando em Brasil, a Norma será aprovada num momento que vem bem a calhar, o momento da entrada do eSocial. A Norma ISO 45001 é uma ferramenta que preenche uma lacuna existente, entre o Ministério do trabalho, a Previdência Social, e assim possibilitará às pequenas, médias e grandes empresas um novo olhar e o gerenciamento de todos os riscos existentes, atendendo assim às exigências de informação do eSocial.

Gostou dos nossos serviços? Entre em contato